FMEA – Análise dos Modos de Falha e Seus Efeitos – Failure Modes and Effects Analysis (4ª Edição)

Curso In Company

Duração: 8 horas
Objetivos:

Este curso, por meio da análise de teorias e de práticas, conduzirá você ao pleno entendimento da Metodologia FMEA (Análise dos Modos de Falha e seus Efeitos). Você se tornará habilitado a atuar preventivamente na busca de melhorias nos procedimentos de projetos e de processos, tornando-o um profissional de sucesso, atualizado com a Metodologia FMEA, uma das ferrаmentаs mais importantes da norma ISO/TS 16949.

Conteúdo:

Tópicos a serem abordados no treinamento:

  • FMEA – Análise dos Modos de Falha e Seus Efeitos – Failure Modes and Effects Analysis – 4ª Edição.
  • Conceitos básicos do FMEA, os benefícios da sua implementação, alguns de seus sistemas de trabalho e as mudanças introduzidas pela 4ª Edição.
  • Práticas do DFMEA (Planejamento do Projeto), aplicando-as em situações do dia a dia.
  • Práticas do PFMEA (Planejamento do Processo), aplicando-as em situações do dia a dia.
  • FMEA como parte integrante da Norma ISO/TS 16949, do APQP e do PPAP.
Público Alvo: Profissionais de engenharia, processos, produção, qualidade envolvidos em análises de falhas, ações corretivas e preventivas.
Observações: O treinamento é dinâmico e interativo com trabalhos em grupo e exercícios que foram desenvolvidos com o objetivo de fornecer aos participantes as ferrаmentаs necessárias para o entendimento e aplicação dos conceitos apresentados.

Este curso também está disponível em formato e-Learning

FMEA – Failure Modes and Effects Analysis (Análise dos Modos de Falha e seus Efeitos)

Metodologia FMEA

FMEA – Failure Modes and Effects Analysis (Análise dos Modos de Falha e seus Efeitos) representa uma ferramenta preventiva, aplicada ao desenvolvimento de produtos e de processos. Ele pode, também, ser aplicado em modificações e ou melhorias que se queira introduzir em projetos e processos antigos ou, ainda, quando existem modificações no ambiente de trabalho. É um método analítico sistemático, para identificar problemas potenciais, suas causas e efeitos, com a execução de trabalho em equipe. É um documento vivo, devendo estar em constante atualização, interagindo com os planejamentos da produção e da qualidade, através dos Planos de Controle. Seu resultado é bastante visível, pois a elaboração de sua documentação permite um conhecimento coletivo, já que é feita por equipes multifuncionais.

O sucesso da implementação da Metodologia FMEA está ligado às ações desenvolvidas “antes do evento” (método preventivo), não sendo um exercício “depois do fato”. As ações resultantes do FMEA podem reduzir ou eliminar as chances de se implementar uma alteração, que venha a criar uma preocupação à empresa. Parte de sua avaliação, e de sua análise, está voltada a estabelecer uma estimativa do risco de lançamento (do produto ou do processo).

O FMEA vem se firmando como uma das ferrаmentаs mais importantes do aprimoramento contínuo da qualidade, e da redução dos custos operacionais. Com ele, a empresa tende a ser cada vez mais competitiva no mercado globalizado de hoje e, desta forma, consegue atender melhor às exigências crescentes dos clientes.

Manual FMEA – 4ª Edição, 2008

O Manual de Análise dos Modos de Falha e seus Efeitos (4ª Edição, de 2008) foi elaborado pela AIAG – Automotive Industry Action Group, envolvendo fortemente a Crysler, a Ford e a GM. Faz parte do conjunto de Manuais APQP, PPAP, MSA e CEP, cada um tendo passado por diferentes edições, e utilizados em conjunto com a norma ISO/TS 16949:2009. O Manual FMEA fornece diretrizes para “sistemas de medição genéricos”, e é uma introdução à análise de sistemas de medição, que não limita a evolução de métodos ajustados a processos particulares.

A nova atualização do manual FMEA tem como diferencial o foco no cliente em todas as fases de desenvolvimento do produto, para minimizar o risco de alterações e, principalmente, atender as expectativas do mesmo. Esta edição possui mais conteúdo, além de esclarecer dúvidas freqüentes para a elaboração de Análises de Modos de Falha e seus Efeitosos nas organizações. Outra alteração é o alinhamento entre os pontos em comum dos dois principais tipos de FMEA: o DFMEA e o PFMEA. Esta publicação também enfatiza que o FMEA é parte do APQP e não deve ser considerado um evento individual. O FMEA ajuda na identificação de falhas em produtos e processos, viabilizando sua prevenção ou correção.

Endereço:

Alameda Bruxelas, 95, Alphaville – Barueri, São Paulo – SP, CEP 06474-150

Copyright © 2007-2009 – Todos os direitos reservados.

 

"Conhecimento sem fronteiras"